quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Osteoporose em Jovens!

Dieta pobre em cálcio causa perda óssea em jovens

Baixo consumo de derivados de leite, por hábito, intolerância ou regime, leva à osteoporose precoce:

A osteopenia, baixa densidade óssea que precede a osteoporose, é mais comum em mulheres após a menopausa ou em homens com mais de 70 anos, mas tem atingido pessoas mais jovens.
Segundo a endocrinologista Marise Lazaretti Castro, o consumo insuficiente de derivados de leite e outros alimentos ricos em cálcio vêm se tornando cada vez mais freqüente entre adolescentes e jovens adultos.
“o adolescente está parando de tomar leite e derivados e é nessa fase em que o consumo desses alimentos pode aumentar a massa óssea.”
O consumo ideal de cálcio para um adulto é de 800mg por dia, o equivalente a cerca de três copos de leite. No Brasil, a média de consumo fica abaixo disso, em 500 mg.
De acordo com a endocrinologista, é mais fácil garantir a quantidade ideal de consumo bebendo leite, porque os outros alimentos ricos em cálcio, como couve, feijão branco e tofu, são menos consumidos ainda.
O aumento do sal na dieta, observado nos últimos anos por causa dos alimentos industrializados, também agrava esse quadro, porque o sódio em excesso eliminado na urina leva junto o cálcio.
O mesmo acontece se a pessoa come muita carne: as proteínas levam à eliminação do cálcio pela urina.
A falta de vitamina d, causada pela pouca exposição ao sol, é mais uma causa da falta de cálcio nos ossos.
Para detectar o problema, é preciso fazer um exame de densitometria, que só é de rotina para mulheres pós-menopausa e idosos.

Saúde - Folha de São Paulo
Cotidiano

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Cuide-se com a Reflexologia!

O que è reflexologia?

É uma técnica que trata o corpo através de estímulos em áreas reflexas repletas de terminações nervosas como, por exemplo, pés, mãos, orelhas, crânio e nariz. Em geral, é uma prática indicada para tratar e prevenir alguns problemas físicos e também emocionais. Entre os mais comuns estão às dores nas costas e no corpo, ansiedade, estresse, traumas e até depressão.
É preciso ter um mapa dos pontos reflexos físicos ou emocionais e pressionar o local que corresponde á queixa.
Em instantes é possível desfrutar  da sensação de alívio  e relaxamento.

Aproveite!
Weekend Saúde.
“Em geral, nove décimos da nossa felicidade baseiam-se exclusivamente na saúde”.
Com ela, tudo se transforma em fonte de prazer.

(Arthur Schopenhauer)

Abrale

Apoio e revisão

Sociedade beneficente israelita brasileira Albert Einstein e
Programa de hematologia e transplante de medula óssea

Entendendo a leucemia linfóide crônica

A leucemia é uma doença maligna (câncer) que se inicia na medula óssea e invade o sangue periférico. As principais formas de leucemia compreendem quatro categorias: leucemia linfóide aguda, leucemia linfóide crônica, leucemia mielóide crônica.

A leucemia aguda é uma doença de progressão rápida que afeta a maior parte das células que ainda não estão formadas, ou que sejam primitivas, isto é, ainda não estão completamente diferenciadas.
Essas células imaturas não conseguem  realizar suas funções normais.
Já a leucemia crônica progride lentamente e permite o crescimento de células um pouco mais diferenciadas que em geral, conseguem realizar algumas funções normais.

A leucemia linfóide crônica é uma forma comum de leucemia em adultos, tendo em vista que um número maior de pessoas está vivendo mais com LLC do que com qualquer outro tipo de leucemia e que a maioria das pessoas com LLC está cima de 50 anos.

A leucemia não é hereditária nem contagiosa, pois resulta de um dano genético adquirido (não herdado) no DNA de uma única linhagem de células na medula óssea.


Possíveis causas

A causa da LLC ainda é desconhecida. Aparentemente, há maior incidência  da doença em algumas famílias, porém, tal constatação ainda está sendo estudada.
A LLC começa com uma mudança em uma única célula chamada linfócito, um tipo de célula sanguínea branca (glóbulo branco). Os linfócitos saudáveis ajudam a combater infecções. Junto com os nódulos linfáticos (existem cerca de 600 nódulos linfáticos espalhados pelo corpo) e o baço, eles fazem parte do sistema imunológico, responsável pela defesa do organismo.
Com a doença, os linfócitos perdem sua função de combate a infecções.


Como é identificada?

Muitos pacientes com LLC recebem o diagnóstico após um check-up de rotina, quando, durante o exame físico, é encontrado um nódulo linfático ou o baço aumentado, ou ainda, quando um teste sanguíneo de rotina mostra um número de linfócitos maior que o normal. A partir do exame físico, o médico solicita alguns exames de laboratório para confirmar o diagnóstico da LLC.
Outros sintomas que pacientes com LLC podem apresentar incluem fadiga,cansaço excessivo, sangramento em gengiva e infecções de repetição.


Diagnóstico – tipo de exames:

Os médicos utilizam exames laboratoriais para verificar as células no sangue e na medula óssea. Assim, podem ser solicitados os seguintes testes:
  • Punçao aspirativa de medula óssea (mielograma)
  • Cito genética
  • Imunofenotipagem
  • Hibridização por fluorescência in situ (fish)
  • Biópsia de medula óssea
Sobre as células LLC:

As células LLC vivem mais do que os linfócitos normais, por isso, com o passar do tempo, as células LLC estão em maior número do que as células sanguíneas saudáveis, nos nódulos linfáticos, do baço, ou de ambos causados pela invasão das células doentes nesses órgãos. Com isso, os pacientes com LLC podem apresentar sinais e sintomas da doença que podem indicar a necessidade do início do tratamento

Tratamento da leucemia linfóide crônica

Para pacientes com LLC de baixo risco, são necessárias repetidas visitas ao médico, sem nenhum tratamento. Alguns médicos e pacientes chamam esse momento de “observe e aguarde” apesar de ser algo difícil para muitas pessoas se acostumarem, essa etapa do tratamento é de suma importância, pois é quando o médico irá identificar qualquer mudança na saúde do paciente.

Por isso, a cada visita ao consultório, o médico irá:

  • Examinar o paciente.
  • Solicitar testes laboratoriais.
  • Conversar com o paciente a respeito de como ele(a) se sente.
  • Determinar a necessidade de tratamento.
É recomendado aos pacientes com LLC de baixo risco que não comecem o tratamento enquanto se sentirem bem. Por outro lado, aqueles que possuem, umas formas de LLC de crescimento mais rápido precisarão de tratamento imediato.

O médico pode decidir sobre o início do tratamento quando o paciente apresentar um ou mais destes sinais:
*aumento rápido e progressivo do número de células de LLC
*diminuição do número de células normais em relação ao exame anterior
*aumento dos nódulos linfáticos em relação à última consulta
*aumento do baço em relação à última consulta

O paciente que apresentar qualquer destes sinais, ou todos eles, pode começar  a se sentir muito cansado para as atividades diárias normais.
Par ajudar a planejar o tratamento do paciente com LLC, muitos médicos usam o sistema de estadia mento, em que são considerados:

  • Se os nódulos linfáticos, o baço ou o fígado do paciente estão aumentados.
  • Se o paciente está anêmico (apresenta menos células  vermelhas que o normal).
  • Se o paciente apresenta uma contagem muito baixa de plaquetas.
Objetivos do tratamento:

As metas do tratamento são:
*reduzir a invasão das células LLC nos órgãos.
*manter os pacientes sentindo-se bem o suficiente para continuarem com suas atividades do dia-a-dia.
*proteger os pacientes de infecções.

Trabalho em equipe:

A confiança na equipe de saúde pode auxiliar no sucesso do tratamento, por isso, é muito importante que o paciente, seus familiares e toda a equipe estejam integrados.
A equipe de saúde deve incluir:
* médicos especialistas (hematologistas e oncologistas)
* enfermeiros
* nutricionistas
* dentistas
* terapeutas ocupacionais e fisioterapeutas
* assistentes sociais
* psicólogos

Para ajudá-lo nessas e em outras questões, consulte a Abrale. 


Abrale
Associação brasileira de linfoma e leucemia

Qual o oposto de dor?

Ao serem perguntadas, cerca de nove em cada dez pessoas respondem a esta pergunta dizendo: “prazer”.
Esta resposta está errada. Além disso, a crença de que o prazer é o oposto de dor é de longe, o mais destrutivo e falso conceito que defronta a civilização ocidental! Na verdade, o oposto de dor é a ausência da dor, ou “conforto”. E conforto não é, de maneira alguma, sinônimo de prazer. O conforto é agradável – é uma experiência sem dor- mas não é prazer de forma alguma!
De fato, a dor e o prazer andam juntos! Dor, ou esforço, é o preço que pagamos para conseguir prazer. Pense sobre isso. Para se conseguir qualquer coisa na vida que realmente vale a pena – bons relacionamentos, carreiras de sucesso, vitórias esportivas, a procura de significado, todos os prazeres duradouros da vida – é necessária muita dor e esforço.
Se perguntarem a um pai ou mãe qual o maior prazer de suas vidas, a grande maioria dirá: “meus filhos”. Se então lhes perguntarem qual sua maior fonte de preocupação e angústias, provavelmente darão a mesma resposta: “meus filhos”. Não é mera coincidência que o objeto de nosso maior prazer, nossos filhos, também é a fonte de nossa maior potencial angústia. Prazer e esforço estão longe de ser opostos. Na verdade, eles trabalham juntos.
Se tudo que almejamos é o conforto, é verdade que ficaremos livres da dor; mas também seremos roubados de quase todo tipo de conquista. Se tentarmos obter prazer vivendo toda nossa vida para evitar a dor, acabaremos obtendo a mais proeminente falsificação disponível no mundo: o conforto.
Sem esforço nunca obteremos um prazer real.

Beto

"Prazer"

Um dos maiores obstáculos em relação a obter-se prazer na vida é a confusão entre a definição de “conforto” e “prazer”.

Diverticulite:

Há uma epidemia por aí?

O que antes era visto como um problema intestinal típico da maturidade se tornou cada vez mais comum entre os jovens.
Saiba como se proteger da doença, que pode ser resultado de uma alimentação inadequada.

Para os gastroenterologistas, é quase unânime: a diverticulite está em expansão.
A alimentação desregrada e o baixo consumo de fibras são apontados como os principais fatores.
E o desfecho dessa história é o aparecimento de divertículos, pequenas bolsas de 5 a 10 milímetros formados na parede do intestino grosso, de dentro para fora, principalmente numa região conhecida como cólon sigmoide, situada do lado esquerdo e inferior do abdômen.
“não sabemos por que alguns divertículos ficam inflamados e outros não.”-explica o gastroenterologista adércio damião,  do hospital das clínicas de São Paulo. Em idosos, isso é mais comum por causa da flacidez da musculatura intestinal.

Os primeiros sinais:

·        Dor abdominal
Ocorre sempre do lado esquerdo do abdômen e é semelhante às dores de uma apendicite

·        Mudança do hábito intestinal
.           Diarréia alternada com constipação, além de mudança
            da forma e da consistência das fezes, com possível
            presença de sangue.

·        Febre e náusea
Em sua presença, há indício de processo inflamatório com possibilidade de abscesso e surgimento de pus.

·        Ardência ao urinar
Os sintomas são parecidos com os de uma infecção urinária, sem contar a sensação de peso na bexiga

·        Flatulência
Desconforto abdominal e gases

A gênese de uma inflamação

Entenda como a evolução dos divertículos pode culminar em uma diverticulite

Bolhas intestinais

Quando o intestino não trabalha direito, há um aumento da pressão dentro do órgão. Esse fenômeno propicia a formação de divertículos, que podem ser comparados a bolhas na parede do intestino grosso.
Normalmente se situam numa região chamada cólon sigmoide,que  fica no lado esquerdo e inferior do abdômen.

Acúmulo de fezes

Pedaços de fezes, um verdadeiro reduto de bactérias, se intrometem e passam a se acumular dentro do divertículo. Até aí a diverticulite ainda não se  manifesta.

A doença ataca

Com o tempo, o acúmulo de fezes provoca uma tremenda inflamação- enfim, surge a diverticulite. O problema pode  desencadear dores abdominais mais leves e gases ou tornar-se severo, ocasionando uma sensação dolorosa intensa, vômitos e grande dificuldade na hora  de evacuar.

Abdômen ameaçado

A diverticulite ainda é  capaz de detonar uma crise mais grave dentro da barriga, causando a formação de pus ou a obstrução do tubo digestivo.
Se o divertículo é perfurado, há um grande risco de uma infecção generalizada por todo o abdômen.


Fonte de pesquisa: Saúde é Vital
              Junho/2010

Alimentação saudável e consumo de Cálcio!

A dieta do indivíduo, dividida em refeições diárias, deve incluir alimentos e/ou preparações culinárias que disponibilizem energia e todos  os nutrientes em quantidades e proporções equilibradas e suficientes.
A variedade, o sabor, o colorido, a adequada forma de preparo, a utilização do alimento em sua forma natural e o conteúdo de nutrientes indispensáveis à manutenção de boa saúde e qualidade de vida são atributos a se considerar numa alimentação saudável.
Os indivíduos necessitam de alimentos com nutrientes, como vitaminas  e minerais, e entre os minerais, destaca-se o cálcio, que tem  a função de prevenir  perda óssea e fraturas por osteoporose na idade adulta.
Os alimentos, de acordo com suas funções no organismo, estão distribuídos na pirâmide alimentar  e  devem compor a alimentação diária com a recomendação das porções. Devem ser consumidas diariamente e, no mínimo, três porções do grupo do leite, queijo e iogurte. Os indivíduos que precisam de quantidades maiores de cálcio por necessidades fisiológicas especiais (como lactação, adolescência e após os 50 anos) devem preferir os leites enriquecidos (em cálcio, vitaminas a e d), assim como iogurtes enriquecidos com cálcio e vitamina d.
Como escolha inteligente do grupo do leite, a melhor opção é a com redução de gordura (do tipo saturado), mas que continua sendo boa fonte de cálcio, vitaminas hidrossolúveis e proteínas de alto valor biológico.
Indivíduos com controle de ingestão de energia e gordura (incluindo colesterol devem ingerir iogurtes desnatado, light e 0% de gordura, queijos magros, light ou produzidos com soro, como a  ricota.
Para melhorar a função intestinal, os leites fermentados com lactobacilos e iogurtes adicionados de bacilos/bifidobactérias também são escolhas  inteligentes.
O grupo das verduras e legumes, principalmente os de cor verde-escura, como escarola, couve, agrião e espinafre, também contém cálcio. O grupo dos peixes e frutos do mar, como sardinha, manjuba, lambari e ostras, também contribuem para totalizar a quantidade recomendada de cálcio na dieta.

 Funções do cálcio

O cálcio presente nos alimentos tem por funções:
*construir e manter os ossos e dentes;
*participar da atividade de certas enzimas (trifosfatase de adenosina-contração muscular);
*participar da formação de coágulos no processo de coagulação sanguínea;
*auxiliar a síntese, a secreção e os efeitos metabólicos dos hormônios protéicos e a liberação ou ativação de enzimas intra e extracelulares.

Deficiência de cálcio

A baixa ingestão de cálcio conjugada com a perda obrigatória dele no organismo esgota as reservas.
A principal estratégia de  proteção à osteoporose é potencializar o desenvolvimento de massa óssea máxima durante  o crescimento e reduzir a perda óssea máxima durante o crescimento e reduzir a perda óssea no  decorrer da vida.
A osteoporose  é um problema clínico decorrente da deficiência de cálcio e deposição insuficiente desse mineral no osso. Com a perda óssea, a força do esqueleto não pode ser mantida e fraturas ocorrem ao menor esforço.

Molho de iogurte para salada de folhas verdes:

Molho
1 copo de iogurte  natural
Meio copo de azeite
Meio copo de suco de limão
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
1 colher de mostarda amarela

Modo de  preparo: bata os ingredientes usando um batedor de arame.
Use o molho sobre a salada de folhas verdes (alface-diferentes tipos-, rúcula, agrião e tomate cereja).                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                             




terça-feira, 16 de novembro de 2010

Da horta para o Prato!

Com o auxilio da pesquisadora Leonora Mattos, da Embrapa, e da engenheira agrônoma Anita Gutierrez, da CEAGESP, selecionamos as folhas mais comuns na mesa brasileira:


Acelga: de sabor marcante, é ótima crua ou refogada. O tato pode ser frito. Agrião um dos vegetais mais nutritivos e bons digestivo, é ideal para saladas, sucos e receitas substanciosas, como a rabada carioca. Alface frisée de paladar mais amargo combina com ervas, alho e queijo de cabra em saladas e sanduiches, como os demais tipos dessas hortaliças. Alface-americana tem folhas mais crocantes de gosto suaves. Alface-crespa de sabor leve, é  consumida  em todo o país. Alface-lisa essa folha popular é uma delicia recheada com patês. Alface-minosa de gosto delicado pode ser verde ou avermelhada.
Alface-romana com talo firme e crocante tem textura perfeita para sopas. Também encontrada na versão mini. Alface-roxa o gosto suave combina com o da endívia e o da chicória. Almeirão de sabor amargo pode ser verde ou arroxeado. Vai bem com feijão, arroz, grão-de-bico, soja e lentilha ou em recheio de bolinhos e tortas. Catatonia tem sabor amargo e é deliciosa em saladas e tortas. Couve-manteiga além de acompanhar a feijoada, pode ser frita cozida no vapor ou usada crua em saladas e sucos com frutas. Endívia essa verdura vai bem gratinada, grelhada ou in natura em saladas e canapés recheados.
Escarola resistente e amarga é usada em sopas, cozidos, pizzas e tortas. Espinafre é bom em suflês, tortas, sopas, cremes, saldas e sucos. Mostarda seu gosto amargo e refogado. Uva de sabor um tanto salgado, é cozida para o charuto da culinária sírio-libanesa. Radicchio de textura crocante aparece em saladas, risotos, assados e refogados. Repolho tanto o branco quanto o roxo são bons crus, cozidos ou assados. Rúcula folha de sabor marcante para saladas, cozidos de carne, pizzas, tortas e sanduíches. Disponível também na versão mini.


Saladas de folhas variadas com molho de manga:

Preparo: 15 minutos
Pronto em 15 minutos
105 calorias em cada porção

1- pé de alface frisée
1- pé de alface-crespa
2-pés de alface minirromana
1-pé de alface roxa
1-manga não muito madura batida no liquidificador
1/2- colher de (sopa) de mostarda
2- colheres (sopa) de iogurte
2- colheres (sopa) de mel (de preferência de flor de laranjeira)
Suco de 2 limões-rosa
Sal a gosto

Lave bem as folhas em água corrente e reserve. Em uma  panela, misture a polpa de manga com os ingredientes restantes e leve ao fogo médio, mexendo sempre, até aquecer. Sirva a salada regada com o molho.

Rende 4 porções.





sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Tudo depende da sua Boca!!!

Você sabia que dentes mal cuidados oferecem perigo ao coração, ao estômago e aos pulmões?
Zelar por eles, acredite, afasta problemas da cabeça aos pés!

Nossa boca abriga uma população de bactérias. Se colhêssemos 1 ínfimo mililitro de saliva, encontraríamos ali mais de 100 milhões desses micro-organismos . Uma parcela deles, justiça seja feita, trabalha em prol da cavidade bucal.
No entanto, quando a escova e o fio dental são deixados de lado, as espécies vilãs se multiplicam e prevalecem, instalando a barbárie. O resultado desse descontrole são cáries e as doenças da gengiva, problemas que ainda imperam na boca dos brasileiros. Mais de 90% da população enfrenta pelo menos uma cárie  na vida e 80% dos adultos sofrem desde uma gengivite até seu estágio mais grave, a periodondite, correndo alto risco de perder a dentição.
O pior perigo é que as bactérias – e a inflamação acionada por elas – propiciam males bem longe da arcada dentária. Os micróbios da doença periodontal, por exemplo, amplificam problemas cardíacos, gastrites, sinusites, pneumonias e até artrites. Quem não escova os dentes direito pelo menos duas vezes ao dia encara um risco 70% maior de padecer de males cardiovasculares.
Para prevenir dores, hálito ruim e encrencas a distância, lance mão da escova, da pasta e do fio dental após as refeições e consulte, a cada seis meses, o dentista.
Aproveite e solte a voz.
Convoque todo mundo a cuidar da boca para ostentar um sorriso bonito e um corpo saudável.

Nós podemos melhorar a qualidade da saúde no brasil.
E, se você trabalha para isso
Acesse:www.premiosaude.com.br                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                              

Pensamentos

As crianças não ligam para o que os pais sabem
A menos que saibam para o que os pais ligam!

O trabalho espera enquanto você mostra           
As gaivotas no céu a uma criança,
Mas elas não esperarão você acabar seu trabalho.

Ao ensinar seu filho você está ensinando seu neto.
                                                    Talmud
O melhor presente para seus filhos é sua presença!

Uma mãe cuida de 12 filhos.
Mas 12 filhos cuidam de uma mãe?

Frase do Dia

"Há grandes homens que fazem com que todos se sintam pequenos"
"Mas o verdadeiro grande homem é aquele que faz com que todos se sintam grandes."

                              G.K.Chesterton

Carnes Processadas Aumentam Risco de Doenças Vasculares

A ingestão de carnes processadas aumenta o risco de doenças vasculares e de desenvolver diabetes. A conclusão, da universidade de Harvard, foi baseada na análise de dados retirados de 20 estudos, que incluíram mais de 1,2 milhões de participantes.
De acordo com a pesquisa, entre as pessoas que ingeriam carne vermelha não processada, nenhum acréscimo representativo no risco de desenvolver as doenças  foi observado. O mesmo não aconteceu com os voluntários que possuíam carnes processadas na sua dieta – como salsichas, presuntos, bacons, hambúrgueres e outros.
O resultado indica que para 50 gramas de carne processada ingeridas por dia há aumento de 42% na chance de uma doença cardiovascular. Em relação à diabetes, este índice é de19%.
Em dez anos de acompanhamento, 47.976 homens e 23.276 mulheres morreram. Para os pesquisadores, 11% das mortes de homens e 16% de mulheres poderiam ser adiados se houvesse redução do consumo de carne vermelha processada para 9 gramas a cada mil calorias ingeridas ao dia.
Os pesquisadores dizem que o sal e os conservantes usados na carne processada são responsáveis pela elevação das chances. Isso porque o sal tende a aumentar a pressão sanguínea, enquanto os conservantes de nitrato contribuem para a arteriosclerose (espessamento e endurecimento da parede arterial) e reduzem a tolerância à glicose.
“as carnes processadas contêm níveis de sal quatro vezes maiores e o dobro de nitratos do que nas não processadas. Isto sugere que estes elementos, mais do que a gordura, estão na origem do risco mais elevado”, disse Renata Micha, coordenadora do estudo.
Durante o cozimento das carnes em altas temperaturas, são formadas aminas heterocíclicas-substâncias reconhecidamente cancerígenas. As maiores temperaturas são atingidas ao grelhar na chapa e fritar com pouco óleo o alimento. Por esse motivo, o mais indicado é preparar o produto no forno ou em um cozido.


FONTE: METRO SAÚDE

Emergência Ocular

O que causa o descolamento de retina e qual o tratamento?

O descolamento de retina é a separação da camada neurossensorial do epitélio pigmentar, ou seja, ocorre a separação da camada fotossensível da camada que faz  o suporte e a nutrição da retina.
É uma emergência oftalmológica e se não tratada rapidamente leva á perda da função ocular.
Para que ocorra a separação das camadas da retina há necessidade de uma ruptura, de um rasgo, ou uma tração, que cria um orifício, fazendo com que o líquido que preenche o globo ocular passe por este orifício e se acumule entre as camadas da retina e a descole.
As causas mais comuns do descolamento espontâneo (regmatogenico) são alterações periféricas preexistentes da retina, miopias maiores de seis dioptrias e os traumas contusos (boladas, murros). Já os deslocamentos tracionais têm na diabetes a principal causa.
O tratamento deve ser o mais rápido possível e dependerá da extensão e da causa do descolamento. Em casos iniciais e pequenos o tratamento pode ser feito com laser, mas geralmente é cirúrgico, com utilização de várias técnicas e diferentes materiais.

Aristeu Sampaio neto
Oftalmologista
Londrina

Fonte: folha de Londrina (O  jornal do Paraná)

Ação orienta sobre prevenção de AVC

O dia mundial de combate ao acidente vascular cerebral (AVC) foi comemorado ontem. Para marcar a data, o hospital de clínicas da universidade federal do Paraná (UFPR) realizou uma ação de orientação sobre sinais da doença e como se prevenir.
“o objetivo é informar para todos quais são os principais sinais do AVC, para que sejam reconhecidos rapidamente e a  pessoa  seja encaminhada para tratamento, que precisa ser rápido”, disse  Viviane Flumignan Zétola, coordenadora do departamento de doenças cérebros-vasculares do HC e organizadora do projeto. Além da orientação, os profissionais de saúde que participaram da campanha mediram pressão, a circunferência abdominal  e o colesterol dos interessados.
“como o tratamento tem que ser feito o mais rápido possível, pedimos para que as pessoas com sinais não procurem qualquer serviço de saúde, pois isso pode atrasar o atendimento. Orientamos para que liguem para o SAMU, afirmou a médica.
O tema da campanha neste ano foi “um em cada seis”.
“uma em cada seis pessoas terá um AVC na vida. Uma pessoa morre de AVC a cada seis segundos”, explicou Viviane. A médica relatou que 30% dos casos de AVC geram morte ou seqüelas Graves.


Fonte: folha de Londrina

Você pode parar de Fumar

Objetivo desta Matéria:
Explicar as melhores maneiras de parar de fumar – e parar de modo duradouro. Toda informação deste folheto é baseada em pesquisa científica. Parar de fumar exige trabalho e algum esforço, porém...
                   VOCÊ PODE PARAR DE FUMAR
Nicotina: uma dependência muito poderosa
As pessoas que já tentaram parar de fumar sabem como essa experiência pode ser difícil. Isso ocorre porque a nicotina é uma droga muito poderosa na produção da dependência. A fumaça do cigarro possui mais de 4.700 substâncias e a nicotina é somente uma delas. Na realidade, devemos lembrar que, de todas essas substâncias, a nicotina não é a que mais mata ou produz doenças, porém é ela que causa a dependência. As doenças são decorrentes das demais substâncias. Portanto, pessoas fumam basicamente pelo fato de serem dependentes da nicotina e acabam ficando doentes, ou mesmo morrendo, em razão da ação das outras substâncias.
Após a pessoa fumar, dentro de segundos, a nicotina atinge o cérebro. A ação química dessa substância no cérebro basicamente produz prazer e certo relaxamento, o que acaba criando necessidade de a pessoa querer fumar mais. É por isso que 60% dos adolescentes que fumam mais do que 2 meses acabarão fumando por mais de 30 anos.
Parar de fumar é difícil.
E algumas pessoas necessitam de 2 ou 3 tentativas antes de fazê-lo definitivamente. Pesquisas mostram que, a cada tentativa séria, o fumante fica mais próximo de se ver livre do cigarro, pois, com as eventuais dificuldades, ele se torna mais experiente. Todos podem deixar de lado esse vício, independentemente da idade, condições de saúde ou estilo de vida. A decisão de abandonar o cigarro e o sucesso em conseguir terão basicamente a influência do quanto realmente se deseja encarar o desafio. Na verdade, centenas de pessoas param de fumar todos os dias. Converse com seu médico a respeito do cigarro. Ele pode ajudar você a parar de fumar.
“no mundo todo, metade do número de pessoas que começaram a fumar parou de fumar”

Boas razões para parar
“parar de fumar é uma das coisas mais importantes que você pode fazer na vida”
·         Você viverá melhor e por mais tempo.
·         Parar de fumar reduzirá suas chances de sofrer ataque cardíaco, derrame ou de ter câncer.
·         Grávidas que não fumam aumentam a chance de ter crianças sadias.
·         As pessoas que convivem com você, especialmente suas crianças serão mais saudáveis.
·         Sobrará dinheiro para gastar em coisas mais agradáveis que o cigarro.

Cinco pontos-chave para deixar de fumar
Pesquisas mostram que 5 itens são indispensáveis para ajudar as pessoas a deixar de fumar de forma duradoura. Sua probabilidade de sucesso será maior se estas estratégias forem utilizadas em conjunto:
1-    Prepare-se.
2-   Obtenha ajuda.
3-   Aprenda novas habilidades e comportamentos.
4-   Obtenha medicação e utilize-a corretamente.
5-   Prepare-se para recaídas ou situações difíceis.
1- Prepare-se
·         Procure identificar por que você esta fumando e reflita criticamente sobre isso.
·         Estabeleça uma data para deixar de fumar.
·         Mude seu ambiente.
·         Livre-se de todos os cigarros e cinzeiros de sua casa, de seu carro e de seu local de trabalho.
·         Não permita a ninguém fumar em sua casa.
·         Reveja suas tentativas anteriores de parar de fumar. Lembre-se do que funcionou e do que não foi útil.
·         Uma vez que você parar de fumar, não fume nunca mais, nem uma única tragada.

2- obtenham ajuda e encorajamento
Estudos mostraram que a probabilidade de obter sucesso é maior com ajuda. E você pode conseguir auxílio de vários modos:
·         Informe sua família, seus amigos e colegas de que você vai parar de fumar e quer contar com a ajuda deles. Solicite que não fumem perto de você, nem deixem cigarros à vista.
·         Converse com seu médico.
·         Obtenha aconselhamento individual ou em grupo. Dessa forma, suas chances de êxito serão maiores. O hospital israelita Albert Einstein oferece atendimento para pessoas que desejam parar de fumar.
3- aprendam novas habilidades e comportamentos
·         Tente distrair-se da necessidade de fumar. Fale com alguém, saia para um passeio ou ocupe-se com uma tarefa.
·         Se for sua primeira tentativa para deixar de fumar, mude sua rotina. Utilize um caminho diferente para ir ao trabalho. Tome chá em vez de café. Faça suas refeições num local diferente.
·         Faça algo para reduzir sua ansiedade: tome um banho quente, faça exercícios ou leia um livro.
·         Planeje realizar coisas agradáveis todos os dias.
·         Beba muita água ou outros líquidos (mas evite álcool).

4- obtenham medicação e utilize- a adequadamente
Medicamentos podem ajudar você parar de fumar e diminuir a vontade de acender um cigarro. Pergunte a seu médico e leia cuidadosamente as informações que acompanham esses produtos.
·         Adesivos e chicletes de nicotina estão disponíveis comercialmente no brasil.
·         Alguns antidepressivos podem ser úteis no tratamento do tabagismo, mesmo que a pessoa não apresente sintomas de depressão. Esses medicamentos não provocam dependência, mas só podem ser adquiridos com prescrição médica.
·         Toda pessoa que queira deixar de fumar pode obter benefício de alguma medicação. Se você esta grávida (ou planejando engravidar), amamentando, tem menos de 18 anos de idade, fuma menos que 10 cigarros por dia ou tem alguma doença, converse com seu médico antes de usar alguma medicação.

5- prepare-se para recaídas ou situações difíceis.
A maior parte de recaídas ocorre dentro dos três primeiros meses após parar de fumar. Não desanime se você retomar o hábito de fumar. Lembre-se de que, em geral, as pessoas tentam algumas vezes, até parar definitivamente. Abaixo estão algumas situações para as quais se deve estar atento:
·         Álcool. Evite bebidas alcoólicas. Beber diminui suas chances de sucesso.
·         Outros fumantes. Estar próximo de pessoas que fumam pode fazer com que você tenha vontade de fumar.
·         Ganho de peso. Muitos fumantes podem ganhar peso (em geral, cerca de 2 a 4 quilos) quando param de fumar. Tenha uma dieta saudável e procure fazer atividades físicas. Nunca permita que o ganho de peso distraia você de seu objetivo principal, que é para de fumar. Alguns medicamentos utilizados para interromper o uso do fumo podem ajudar no controle de peso. Um programa de tratamento do tabagismo pode incluir uma orientação de dieta.
·         Mau humor. Há muitas maneiras de melhorar seu humor mais saudáveis que fumar.
Se você tiver problemas com alguma dessas situações, converse com seu médico.

Situações especiais
Pesquisas mostram que qualquer pessoa pode parar de fumar. Algumas situações trazem motivos ainda maiores para perder esse vício.
·         Mulheres grávidas ou amamentando. Ao deixar de fumar, você protege a sua saúde e a de seu bebê.
·         Pacientes hospitalizados. Deixando de fumar você reduz problemas de saúde e auxilia sua recuperação.
·         Pacientes infartados. Se parar de fumar, as chances você reduz a probabilidade de um segundo infarto.
·          Pacientes com câncer. Ao deixar de fumar, as chances de desenvolver outro câncer ficam diminuídas.
·         Pais de crianças e adolescentes. Não fumando, você protege seus filhos de doenças causadas pela exposição à fumaça do cigarro no ambiente, além de diminuir a probabilidade de seus filhos tornarem-se fumantes.

Vantagens de parar de fumar
05 minutos depois de fumar o último cigarro, seu corpo passa por uma série de modificações benéficas que perduram por anos.
20 minutos após parar:
- a pressão arterial volta ao normal;
- a pulsação retorna ao nível normal;
- a temperatura das mãos e dos pés aumenta até o nível normal.
2 horas após parar:
- não há mais nicotina circulando no sangue.
8 horas após parar:
- a concentração de monóxido de carbono no sangue atinge o nível normal;
24 horas após parar:
- reduz-se o risco de ataque cardíaco.
48 horas após parar:
- melhora significativa no olfato e no paladar.
2 ou 3 semanas após parar:
- melhora a circulação sanguínea;
- a função pulmonar aumenta em até 30 %;
- torna-se mais fácil caminhar.
1 a 9 meses após parar:
- diminuem a tosse, a congestão nasal, a fadiga e a falta de ar;
- aumenta a capacidade de limpeza dos pulmões, por eliminação mais eficiente do muco (secreção);
- sua energia aumente;
1 ano após para de fumar:
- o risco de doença coronariana fica reduzido à metade, se comparado ao risco que tem um fumante;
5 anos após parar:
- em 5 a 15 anos o risco de derrame cerebral fica reduzido ao mesmo de um não-fumante;
- o risco de câncer de boca, garganta e esôfago chega à metade do risco de um fumante;
10 anos após parar:
- a taxa de morte por câncer de pulmão chega à metade do risco de um fumante;
- células pré-cancerosas são substituídas por células saudáveis;
- o risco de câncer de boca, garganta, esôfago, bexiga, rim e pâncreas são reduzidos;
15 anos após parar:
- o risco de doença de doença coronariana chega ao mesmo do de um não-fumante.


(Albert Einstein- espaço saúde)