terça-feira, 24 de maio de 2011

Preste atenção á TV

Já parou  para pensar em quantas horas por dia seus filhos passam assistindo a programas televisivos? Pois uma pesquisa realizada em 20 cidades americanas fez isso e contatou que crianças com até 3 anos, quanto mais expostas a um televisor ligado, mais agressivas se tornavam.
Os pesquisadores, de Nova York Orleans entrevistaram mais de 3 mil mães, entrevistas feitas de maneira presencial, nas casas do grupo avaliado, ou por telefone. As mães foram perguntadas sobre quanto tempo os pequenos passavam diante de um televisor ligado, bem como aplicou-se uma avaliação de agressividade nos pequenos quando estes chegavam aos 3 anos de idade. As mães e as crianças foram acompanhadas por um período de 36 meses, entre os anos de 1998 e 2000. A pesquisa foi publicada na edição de novembro do periódico Archives of Pediatrics e Adolescent medicine, editado pela associação de médicos dos EUA.
Em 65% dos relatos das mães, o tempo diário que as crianças passavam em frente á telinha era superior a  três horas por dia, sendo que a média do grupo abordado era 5,2 horas diárias. O máximo recomendável para uma criança de três anos é  de duas horas por dia.
Mesmo quando eram descontados os fatores que mais contribuem  para um quadro agressivo, como vizinhança conturbada, violência doméstica e pais com histórico de depressão, a simples exposição direta ou indireta á programação causava um pequeno aumento em maus comportamentos, como agredir outras crianças, nervosismo e grito. Esse aumento era proporcional ao número de horas passadas em frente á TV, mas também ao tempo em que o televisor estava ligado e a criança não estava diante dele.
Segundo os especialistas, um dos motivos do comportamento mais agressivo nos pequenos é por assistirem a conteúdos que fogem da recomendação etária. Fora isso, o tempo passado em frente ao aparelho também concorre com aquele que seria gasto em outras  atividades que envolvem sociabilidade, como as interações normais entre pais e filhos, as brincadeiras de histórias. Fora isso, a televisão também disputa tempo com as horas de sono.
As recomendações de poucas horas de TV por dia tornam-se mais radicais ainda quando a criança tiver até 2 anos: para essas, nada de TV ou computador. Já nossa recomendação é aquela que todos dariam: aproveite esses primeiros anos da vida de seus filhos, pois eles passam rápido e são a chance de conhecer bem os cidadãos que está deixando para o mundo.


Fumaça Zero

No Brasil a idéia nasceu em São Paulo. Pouco tempo depois os estados do Paraná, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, além das cidades de Salvador e Belém, também aderiram. Hoje, são milhões de brasileiros que podem freqüentar restaurante, casa de espetáculos, danceterias e não sentir o desagradável cheiro da fumaça de cigarros. Porém, mais importante do que isso é o fato de que outros tantos milhões de fumantes passivos ficaram livres de contrair doenças decorrentes da inalação da fumaça do tabaco.
Promulgada em Agosto de 2009, a lei anti-fumo do estado de São Paulo, que proibido fumo em todos os ambientes fechados de
Uso coletivo recebeu elogios da OMS.
De acordo com a OMS, 94,6% da população mundial ainda não estão protegidas por leis contra os males causados pelo fumo passivo. Ainda segundo a entidade, o fumo passivo provoca 600 mil mortes por ano; já o número de fumantes que morrem vítimas de doenças causadas pelo cigarro chega a 5 milhões em todo o mundo.
Os malefícios causados pelo cigarro começam pela inalação de monóxido de carbono expelido pela fumaça. No organismo humano, o monóxido concorre com o oxigênio, provocando menor oxigenação do sangue, células e tecidos e, conseqüentemente, maior oxidação no organismo. Aos poucos, essa condição metabólica acelera o envelhecimento do endotélio, a camada de células que forma a parede de vasos e artérias do corpo humano. Num processo em cascata, surgem inflamações e obstruções dessas vias de passagem do sangue que, nessas condições, não conseguem alimentar de oxigênio e nutrientes as células, tecidos e órgãos do corpo humano.
Esse envelhecimento acelerado dos vasos é conhecido como aterosclerose e sua evolução leva à ocorrência de infarto do miocárdio, acidente vascular cerebral, além de trombose em membros diversos.
Estudo realizado pelo instituto do coração (INCOR) do hospital das clínicas de São Paulo comprovou a eficácia da lei anti-fumo paulista. A pesquisa aferiu a incidência de monóxido de carbono em ambientes fechados de uso coletivo em dois momentos: antes de a lei entrar em vigor e após três meses de sua aplicação. Foram realizadas medições em 710 estabelecimentos da capital paulista, entre bares, restaurantes e casas noturnas. O objetivo era avaliar as concentrações do poluente no ar dos ambientes em garçons fumantes e em não fumantes. Os resultados apontaram que, entre os fumantes, houve redução de 35,7% na concentração do poluente na comparação das duas medições. Para os garçons que não fumam, o impacto foi ainda maior, com redução de 57,14%.

Nascidos para Dançar

“Os humanos são os únicos que têm a habilidade de coordenar seus movimentos motores com um estimulo sonoro externo, como dançar ou bater o pé para acompanhar o ritmo da música”, comenta um artigo publicado por pesquisadores das Universidades de York, na Inglaterra, na Finlândia. Os pesquisadores constataram que, antes mesmo de as crianças aprenderem a falar, elas reagem ao ritmo de música e espontaneamente  tentam se movimentar de acordo com a batida. Quanto mais conseguem acompanhar, mais sorriem.
Isso indica que a noção de ritmo e o desejo de se movimentar ao som de música não é algo aprendido, mas algo natural.

Um Canal Exclusivo para Você.

MULHER


Gestação e Exercícios Físicos

O que pode e o que não pode

Por Juliana Jadão

Alguns exercícios que irão ajudá-la durante as mudanças
Que o seu corpo sofre durante a gravidez.
Atenção: os exercícios de alongamento devem ser feitos por
30 segundos em cada posição.

Importante: não faça exercícios abdominais

Comece alongando de baixo para cima. Ou seja, dos pés para a
Cabeça
Em pé, com as mãos, puxe um dos pés para trás tentando alcançar os glúteos.
Mantenha o outro no chão para o equilíbrio e postura.
Inverta a perna e faça a mesma coisa com a outra.
Coloque uma perna sobre o outro joelho, como se fosse cruzá-la para sentar. Com a mão segure em um pilar ou em um móvel firme, inverta a perna e faça a mesma coisa com a outra.
Com as mãos apoiadas em uma parede, afaste uma perna da outra- deixe a da frente flexionada e a de trás estendida –
Faça força como se estivesse empurrando a parede, inverta a perna.
Puxe o braço direito, com a ajuda do esquerdo, em direção ao peito. Faça o mesmo com o outro braço.
Entrelace as mãos na frente do corpo em direção ao peito e faça um “C” com a coluna jogando-a para trás com cuidado.
Com o braço direito, puxe o cotovelo esquerdo por trás da cabeça.
Faça o mesmo com o outro braço.
Com uma das mãos puxe a cabeça para a direita, depois para a esquerda e, por último, para baixo com as duas mãos.
Pronto! Estes exercícios poderão ser feitos antes e após a prática de atividade física, pois irão lhe auxiliar na postura e no equilíbrio durante a gestação, fazendo com que você não sinta dor muscular pós-atividade.

Exercícios musculares

Alguns exercícios que irão ajudá-la com as mudanças de seu corpo durante a gravidez

Atenção: cada exercício deve ser feito em 3 séries de 15 repetições com um intervalo de 30 segundos entre eles.

Pernas e glúteos:

Agachamentos com peso leve

Em pé com os halteres nas mãos, posicionados ao lado do corpo, fazer a flexão e extensão dos joelhos projetando o quadril para trás, descer até a linha dos joelhos e subir.
Pode ser usada uma bola grande nas costas para proteger a coluna e os joelhos

Costas:

Remada fechada e aberta
Com um elástico preso a uma porta ou pilar, segurar as extremidades e fazer um movimento de remada com os cotovelos fechados e abertos.
Caso não tenha o elástico é possível fazer com os halteres.

Bíceps:

Rosca direta

Sentada com os halteres, fazer a flexão e extensão dos cotovelos.
Pode ser feito alternado ou com os 2 juntos.

Tríceps:

Tríceps testo

Deitada em um colchonete ou tapete, segurar 1 peso nas duas extremidades, flexionar e estender os cotovelos em direção à testa.

Peitoral

Supino com halteres

Deitada em um colchonete ou tapete segurar os 2 halteres (um em cada mão), unir os dois em cima do peito com os braços semi-flexionados e voltar até quase encostar no solo.

Atenção:

Mesmo já praticando atividade física e sendo liberada pelo médico, a gestante deverá tomar alguns cuidados básicos:

Não praticar atividade de alto impacto durante os 3 primeiros meses de gestação;
Monitorar sempre a freqüência cardíaca durante a atividade física;
Beber muito líquido, antes, durante e depois;
Todas as atividades são indicadas sem excesso;
Observar o seu corpo e como ele está reagindo ao esforço;


Importante: sempre consulte seu médico antes de iniciar e realizar qualquer programa de exercícios físicos para saber qual é mais adequado e permitido, de acordo com a fase da gestação e sua situação clínica.


Pressão Alta

Quem tem pressão alta pode se sentir
Bem 24 horas por dia

Saiba como

Pressão alta não baixa de uma hora para outra

É possível ter pressão alta e continuar curtindo a vida,
Viajando e se divertindo. Para isso, é importante que você tome cuidado, como ter uma alimentação mais saudável e equilibrada, com menos frituras, sal, gorduras e exercícios
Simples, como caminhadas diárias. Somado a isso, a tomada diária da medicação ideal deixará você
Protegida 24 horas por dia contra as conseqüências da pressão alta e outras doenças associadas.

O seu coração bate mais

Pressão arterial é a força com a qual o coração bombeia o sangue para que ele circule por todo o corpo. O coração de
Um adulto costuma bater por volta de 100 mil vezes por dia. Como a sua pressão está aumentada, o seu coração vai trabalhar mais. O ideal é manter a pressão próxima a 12 por 8.

Você pode ficar 12 por 8 em todos os momentos

A pressão alta é silenciosa. Nem sempre você se sente mal quando sua pressão está alterada. E esse é um dos maiores
Problemas. Por causa disso, muitas pessoas interrompem o
Tratamento e só retomam quando sentem algum desconforto
Ou exageram em comidas ou bebidas. Todo dia é dia de se cuidar e curtir os melhores momentos da vida. Tomando o seu anti-hipertensivo, conforme orientação do seu médico, regularmente e sem pausas, você está se protegendo para viver melhor e aproveitar cada segundo.


Prevenção é o melhor caminho

Após os 55 anos, mesmo as pessoas com pressão arterial normal têm 50% de chance de desenvolver a hipertensão.
Além do infarto e AVC  (derrame), quem tem pressão alta também precisa se cuidar para prevenir doenças como insuficiência cardíaca e renal, impotência sexual, além de outras complicações que alteram de forma significativa a qualidade de vida.

Marque seus momentos

Use este impresso para você fazer o controle diário da sua
Pressão arterial e da sua saúde geral.

Marque aqui os valores de sua pressão arterial, atividades físicas, dietas e não se esqueça: todo dia e dia de cuidar da sua pressão e levar uma vida mais saudável.
Exemplo:

Dia                            Atividade                        P.A
01
02
03
04
05
06
07
08
09
10
11

Anote aqui as consultas que já estão programadas para o ano 

  Jan                                               Fev                                  Mar
Dia 15
Cardiologista
Às 8
Por exemplo                 

Abr                                               Mai                                   Jun


Jul                                                 Ago                                   Set


Out                                                Nov                                   dez


Anote também as recomendações do seu médico.

Fonte: Care Center
0800 701 6633
Boehringer Ingelheim

Crianças Obesas

Só no Brasil, estima-se em 15% o número de crianças obesas.

Correr, brincar de esconde-esconde, pega-pega subir em árvores, bater uma bolinha e tudo mais que faz a  energia das crianças se esgotar. Mais que diversão, essas brincadeiras também ajudam a manter a forma das crianças. É algo que foi se perdendo com a urbanização e o adensamento das cidades, que também fizeram as crianças perderem a rua como seu espaço livre, enquanto os quintais das casas foram substituídos por áreas de prédios  que nem sempre são usadas, pelo fato de os pequenos estarem em casa entretidos com internet, videogame e televisão.
Com o sedentarismo, uma série de doenças que seriam mais para adultos manifestar-se em quem está em fase de crescimento. Diabetes e pressão alta são alguns desses males. Em uma fase de ampla socialização, sofrem também os pequenos com o julgamento alheio. Só no Brasil, estima-se em 15% o número de  crianças obesas. Essas crianças também estão sujeitas a terem sua situação perpetuada, pois são de 50% as chances de uma criança obesa tornar-se um adulto na mesma situação de peso.
Porém, nem sempre é fácil convencer os filhos a se mexerem. “pensar em atividade física  para criança ou adolescente obesos é pensar em criatividade. Brincar, correr, saltar ir andando para escola, pular corda e andar de bicicleta são formas de incentivá-los a ter um estilo de vida saudável”, sugere a Cardio Pediatra Silvana Vertematti.
As aparentes inocências e despretensão das brincadeiras físicas também fazem com que o esforço nelas passe  mais despercebidos. A associação brasileira de estudos sobre obesidade e síndrome metabólica (ABESO) recomenda pelo menos 30 minutos pelo menos três vezes por semana, mas se a criança puder  brincar todos os dias, maior será o gasto energético e melhor ficam sua coordenação motora e sociabilidade. Haverá também o reflexo na auto-estima, que fica  estimulada com os talentos que venham a ser desenvolvidos.
O estilo de vida também não pode ficar de lado. A mesma cidade que faz  crianças ficarem mais embutidas e sedentárias também lhes aproximou das delícias não tão saudáveis fo fast food e os distanciou de hábitos mais saudáveis, como os da ingestão de grandes quantidades de fibras. Esse quesito também é reflexo do estilo de vida dos pais, que estimula ou não determinados comportamentos. “o tratamento da obesidade baseia-se em um conjunto de atitudes”, lembra Silmara.

Meditar ou Fazer

Um cruzeiro?

A imagem do idoso sentado num banco de praça ou jogando dominó na mesa de um bar está virando, mesmo, só uma imagem.
“as pessoas com mais de 60 anos estão vivendo mais e muitas com saúde e disposição. Elas não ficam mais sentadas no banco da praça; elas caminham pela praça”, afirma José Fernon, especialista em saúde suplementar.
Para esta parcela da população há oferta de serviços de lazer. Dos programas voltados à terceira idade montados pela maioria das prefeituras ao viaja melhor idade, do ministério do turismo, são muitas as opções para quem quer preencher o tempo livre ganhando qualidade de vida.

Meditação?

Resgatar a espontaneidade e a vitalidade, com saúde e qualidade de vida.
Esse é o objetivo da meditação, uma técnica auto-aplacável com comprovados resultados como adjuvante no tratamento de doenças crônicas e dor física.
Nos resultados após dois meses de práticas coletivas monitoradas, realizadas, inicialmente, duas vezes por semana em metade do grupo (70 participantes), observou-se que 59 deles (84,28%) relataram estar meditando pelo menos uma vez por dia.
Desses, 71,19% sentiram melhora na postura, 64,41% na respiração, 71,19% no humor, 45,76% nas doenças crônicas que estão tratando, 57,63% na dor física, e 57,63% na alimentação.

Fonte: anuário Sindhosp de 2011

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Conheça os benefícios do limão

Diariamente consumimos uma serie de alimentos, mas não sabemos dos seus benefícios e nem para que eles são úteis, sem dúvidas uma boa alimentação e garantia de que você terá uma vida saudável, por isso separamos esse post para falar um pouco mais sobre os benefícios do limão para a nossa saúde.

Antioxidante

– Pois é, por incrível que pareça o limão também pode atuar como um forte aliado para que tenhamos uma pele sempre bonita e também rejuvenescida, em nosso organismo ele atua como um forte antioxidante isso foi comprovado, sendo assim para todas as nossas leitoras vaidosas e que gostam de se manter sempre bonita já sabem que o limão pode ser eficiente para essa finalidade.

Ajuda a emagrecer

– Mais um dos benefícios do limão para a saúde, o limão também é assim conhecido porque  melhora o nosso processo de digestão e também acelera o nosso metabolismo, sendo assim pode ser considerada também uma alternativa para quem está procurando por boas opções para perder peso, evidentemente o limão deve ser usado como um complemento a exercícios físicos dentre outras atividades em que ajudam na queima de calorias.

Nutricionistas comprovam a respeito do limão e seus benefícios e relata que ele pode ser eficiente para quem tem problemas como prisão de ventre, artrite reumatóide. Além do mais o limão é um fruto versátil, vocês poderão utilizar não apenas para fazer sucos, há muitas receitas na internet em que podem lhes ajudar a aproveitar melhor o limão em sua cozinha. Dê uma pesquisada!

Agora vocês já sabem para que o limão é bom e como ele pode ser ajudar a nos mantermos saudáveis, um detalhe importante é que ao manusear o limão é interessante que você lave bem as mãos do contrario entrando em contato com o sol vocês podem causar algumas manchas na pele.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Saúde não tem preço

Vacinação contra influenza (gripe)

Pessoas acima de 60 anos;
Crianças menores de 2 anos;
Gestantes.

Procure a unidade de saúde mais próxima
Da sua casa

De 25/04 a 13/05 e 30/4 (sábado)
Das 8h às 17 h
Não esqueça a caderneta de vacinação

Informações:
0800 191 944

Faça a sua parte.
Previna-se!


sexta-feira, 6 de maio de 2011

Oito Maneiras Surprendentes ( e Eficazes) de Emagrecer

1º Inclua alimentos cheios de água no cardápio

É um talento para matar a fome

2º Complemente a dieta com temperos picantes e alimentos roxos

O repolho, por exemplo, aumentam a queima de gorduras dentro dos adipócitos, células que as armazenam.

3º Acerte a freqüência dos exercícios físicos

Recomenda-se pelo menos 15 minutos de atividades aeróbicas por semana.
O ritmo de cada um é importante e as rotinas devem variar de acordo com a preparação de cada um.

4º Leve o cachorro para passear

O animal pode ser o maior aliado contra a preguiça.

5º Respire devagar

Inquietação às vezes culmina em compulsões alimentares.
Driblar o aborrecimento sem fim por respirar profunda e lentamente diminui a irritação.

6º Compre comida com dinheiro vivo

O dinheiro torna a compra mais real. A gente gasta naquele momento e não depois ou virtualmente.

7º Estabeleça um padrão de sono

Hoje, muitos indivíduos dormem pouco por opção e, com isso, corre risco de engordar.

8º Tome sol

A vitamina D, cuja principal fonte é o raio ultravioleta,
também tem efeito emagrecedor.
Auxilia o trabalho do cálcio, nutriente com potencial para
esvaziar os adipócitos, células que armazenam a gordura do
corpo.

Longevidade

Alfa caroteno para viver mais

Encontrada na abóbora e na cenoura, a substância consegue reduzir o risco de doenças cardiovasculares e câncer em quase 40%.

Notícias vindas dos estados unidos mostram que o carotenóide é até dez vezes mais potentes que o betacaroteno no combate a células defeituosas, precursoras de tumores.

O poder de prolongar a vida se deve à sua ação antioxidante, que previne a mutação genética e o envelhecimento antes da hora.

Onde ele está?

Diferentemente do betacaroteno, o alfa não costuma ser incluído em suplementos alimentares. Por isso, o único modo de consumi-lo é na comida. As principais fontes são os vegetais de cor laranja, amarelo-escuro e verde, como abóbora, batata-doce e brócolis.

Aterosclerose

Roxo para o coração

Em terras gringas, elas são as blueberries. Aqui, recebem o nome de Mirtilo, mais uma frutinha arroxeada.

E pouco importa a denominação: ela é ótima para o peito e reduz o risco de aterosclerose.
“a doença provoca inflamação nas artérias e forma placas de gordura que podem levar ao infarto”, esclarece o cardiologista Fernando Arruda, do hospital e maternidade beneficência portuguesa de santo André, na grande São Paulo.

E, quem diria, bastam alguns mirtilos para evitarem o problema, como acaba de provar um estudo da Universidade do Arkansas, nos Estados Unidos. Os benefícios se devem a substâncias com propriedades antiinflamatórias presentes no fruto.

terça-feira, 3 de maio de 2011

Procedimentos na Coluna

Centro de procedimentos minimamente invasivos de coluna

O hospital alemão Oswaldo Cruz inaugura o centro
de procedimentos minimamente invasivos de coluna.
O centro oferece um novo procedimento para dores
crônicas de coluna, direcionado a problemas
neurológicos como dores lombares e cervicais, hérnias
e outras doenças dos discos intervertebrais e doenças relacionadas.
O paciente é avaliado com uma visão holística, e quando
indicado, encaminhado a procedimentos diagnósticos e terapêuticos. A nova técnica utiliza recursos de radiologia
Intervencionista, não é necessário cortes ou pinos, o que proporciona menos riscos ao paciente.

Para iniciar o tratamento, o paciente realiza um exame clínico detalhado com especialistas da área.
Esta técnica terapêutica está alinhada à missão do hospital
em cuidar e oferecer melhor qualidade de vida aos seus pacientes.

Atividades oferecidas no centro de procedimentos minimamente invasivos de coluna:

Discografia
Injeções epidurais e foraminais (infiltração de raízes)
Infiltração de articulação sacro-ilíaca
Infiltração de partes moles para dores mio faciais
Infiltração de facetas articulares e articulação sacro ilíaca
Bloqueio simpático para membros superiores e inferiores
Nucleoplastia discal eletro termal
Anuloplastia discal eletro termal
Ressecção de hérnia de disco percutânea
Denervação de facetas articulares
Denervação de articulação sacro-ilíaca
Implante de estimulador epidural
Teste e implante de dispositivo injetor intra-raquiano de drogas

Fonte:  HAOC
Mais informações: (11) 3549-1000

Alimentação Saudável

Menu  anti-rugas

Recente estudo da universidade Hallym, na Coréia do Sul, aponta alguns alimentos como perfeitas para retardar o envelhecimento da pele. No cardápio anti-rugas estão o morango, a romã, o molho de tomate, o brócolis e a castanha-do-pará, todos ricos em ácido elágico, um antioxidante poderoso.
Porém, ainda não se sabe qual a quantidade necessária de ingestão para manter a pele jovem. Mas, não tenha medo de abusar.
Com exceção da castanha-do-pará, todos os demais alimentos apresentam baixíssimas calorias.


Proteína amiga da dieta

Nos anos 1990, o cardiologista Robert Atkins ficou famoso ao pregar que o consumo excessivo de proteína ajudava a eliminar peso. De fato, o nutriente favorece a construção de músculos, que aceleram o metabolismo. Assim, as calorias são mandadas embora mais facilmente. Mas, atenção: se você não pratica esportes deve ingerir 1 grama de proteína por quilo de seu peso. Se for adepto de atividades físicas, inclua em sua dieta diária até 1,8 gramas por quilo.
Invista em peixes, aves, queijos brancos, ovos e leguminosas, que são menos gordurosos.

Novo protetor para os ossos

Já ouviu falar na oleuropeína?
É a nova aliada na prevenção e tratamento da osteoporose - perda acelerada de massa óssea.
Encontrado exclusivamente no azeite de oliva, esse tipo de polifenol aumenta a quantidade de osteoblastos, células que renovam os osso

Você sabe o quanto a TPM atrapalha a sua vida?

A TPM é um desequilíbrio orgânico que atinge cerca de 75% das mulheres entre 20 e 45 anos e geralmente se manifesta nos dias que antecedem o período menstrual. É um conjunto de sintomas físicos e emocionais que costuma ser mais intenso de 3 a 5 dias antes da menstruação, podendo ocorrer até 15 dias antes.
Para ajudar na identificação da intensidade da TPM, nós elaboramos um teste rápido, baseado nos critérios de diagnóstico do colégio americano de obstetras e ginecologistas para a síndrome da tensão pré-menstrual.

Classifique a sua TPM.

Seguindo a legenda, marque na tabela abaixo a intensidade de cada sintoma presente nos 5 dias que antecedem a sua menstruação e que estiveram presentes nos seus últimos 3 ciclos menstruais. Ao final, some todos os pontos para obter o seu score total.

Sintomas                                                                         Intensidade

Tensão nervosa                                 
Ansiedade atípica
Humor instável e inconstante
Irritabilidade excessiva
Hostilidade
Ganho de peso
Inchaço no abdômen
Inchaço nos pés e pernas
Mastalgia cíclica (dor nas mamas)
Cefaléia (dor de cabeça)
Apetite intenso
Desejo excessivo por doces
Taquicardia
Diminuição do rendimento/fadiga
Distúrbio de equilíbrio (tontura)
Sensibilidade emocional (choro fácil)
Problemas de memória leve
Depressão
Insônia
Sensação de confusão


Legenda de intensidade

Ausente = 0 pontos
Baixa = 1 ponto
Moderada = 2 pontos
Intensa = 3 pontos

Interpretando os resultados

Até 19 pontos

A sua TPM pode ser classificada como leve.
Ela deverá causar certos desconfortos, porém,
É simples de ser controlada.
A prática de exercícios físicos e a adoção de uma dieta
Saudável pode contribuir na redução da intensidade
Dos sintomas

De 20 a 40 pontos

Este score aponta para a presença de TPM em intensidade
Moderada.
As mulheres que estão nesta faixa normalmente apresentam
Desconfortos um pouco mais graves que podem prejudicar o andamento das atividades diárias.
É aconselhável que se busque orientação médica a fim de prover o melhor tratamento.

41 ou mais pontos

A sua TPM é dita de alta intensidade. Os sintomas podem apresentar-se de maneira tão forte que são capazes de prejudicar, ou mesmo incapacitar, a mulher para a realização de atividades corriqueiras. As mulheres com alta intensidade de TPM devem procurar o seu médico afim de que seja selecionado o melhor tratamento a esta síndrome.

Site


Tabela de fibras

As fibras têm extrema importância na alimentação.
Elas são partes de grãos, vegetais e frutas que ajudam no processo digestivo.
Uma dieta rica em fibras pode melhorar o funcionamento do intestino e prevenir doenças do coração, câncer e diabetes, além de ajudar no controle do peso e evitar a obesidade.

Alimento                                 quantidade (g)                                         fibras (g)

Feijões cozidos                                  182                                                   19,1
Farelo de aveia                                    94                                                    14,5
Tomate                                              262                                                   11,8
Soja cozida                                       172                                                    10,3
Nozes                                               143                                                     7,3
Espinafre                                           190                                                     7,0
Alface                                                539                                                     6,5
Espaguete                                         140                                                     6,3
Batata doce                                       198                                                     5,9
Brócolis                                             184                                                     5,5
Mamão  papaia                                   304                                                     5,5
Passas                                              145                                                     5,4
Pêra                                                  166                                                     5,1
Cenoura                                             148                                                     4,8      
                                                                                                                                                                                                                                                     
Fonte: Sigma Pharma

Dor: respostas para suas dúvidas e alívio para seu sofrimento

A dor é uma sensação muito desagradável, o que leva as pessoas a procurar atendimento médico ou hospitalar em busca de alívio e tratamento. Além de desconforto e sofrimento, a dor pode prejudicar atividades habituais, como por exemplo, trabalho, sono, lazer e vida social.

O que é dor?

Segundo a IASP (international association for the study of pain), a dor é conceituada como “uma experiência sensorial e emocional desagradável, localizada em uma parte do corpo, que é associada ou descrita em termos de lesões teciduais”.
Justamente por se tratar de uma sensação, a dor é sempre subjetiva e cada indivíduo utiliza a palavra “dor” de acordo
Com as suas experiências passadas.

O que a dor não aliviada pode ocasionar?

Quando a dor não é efetivamente tratada, ela pode ocasionar falta de apetite, dificuldade em eliminar gases intestinais e realizar atividades básicas como caminhar, alimentar-se e realizar fisioterapia.
A dor pode ainda gerar ansiedade e preocupação para família e amigos, além de alterações de humor, como ansiedade, irritabilidade, insônia, fadiga, mal-estar, desânimo e choro fácil. O tempo de internação do paciente também pode ser prolongado.

Qual a importância de tratar a dor?

Melhorar a qualidade de vida;
Facilitar a realização de fisioterapia;
Melhorar a auto-estima;
Facilitar o próprio cuidado;
Melhorar o humor e a disposição;
Proporcionar bem-estar ao paciente, amigos e familiares;
Melhorar a aceitação alimentar e o funcionamento gastrointestinal;
Agilizar a recuperação do paciente e o retorno à vida social;
Diminuir o tempo de internação.


Como a dor e avaliada?

A avaliação dor é feita por profissionais de saúde treinados pelo grupo de gerenciamento da dor, que utiliza escalas de dor específicas para cada quadro clínico e faixa etária de paciente.
No caso de pacientes com dificuldade de comunicação e crianças pequenas, são avaliadas a expressão facial e a presença de gemência e agitação, entre outros sinais.
A equipe de enfermagem reavalia periodicamente a presença ou ausência de dor, utilizando uma escala numérica, onde 0 (zero) é a ausência de dor e 10 (dez), a maior dor imaginável.
É importante que você seja sincero, claro e objetivo no momento da avaliação para que receba o tratamento adequado e para que, por meio das reavaliações, a equipe médica e de enfermagem possa observar sua melhora.

Como é o tratamento da dor?

Pode ser feito com medicamentos por via oral, endovenosa, intramuscular, subcutânea transdérmica (adesivo), sublingual e por meio de cateter peridural.
Dependendo da indicação médica, também podem ser utilizadas soluções analgésicas administradas através de aparelhos (bombas de infusão) que são controlados parcialmente pelo paciente (PCA).
Pode-se também utilizar outros tratamentos, como fisioterapia, uso de terapias de calor ou frio local (bolsa de água ou compressas), além de colchão e poltrona ortopédica.
Em alguns casos, a dor pode ser tratada sem internação, em consultório médico, mas pode ser necessária a internação ou mesmo a realização de um procedimento cirúrgico para seu tratamento, conforme a indicação do seu médico.
O serviço de terapia da dor do hospital Alemão Oswaldo Cruz fornece suporte e promove treinamentos periódicos para todos os colaboradores envolvidos na assistência do paciente, com o intuito de que a avaliação e o tratamento da dor sejam realizados em consonância com as melhores práticas internacionais.

Existe um serviço de apoio ao paciente?

O serviço social do hospital Alemão Oswaldo Cruz oferece orientações e suporte para pacientes em tratamento da dor e seus familiares, durante a internação ou mesmo quando em tratamento ambulatorial.



Prevenção de Queda

Queda é um deslocamento não intencional do corpo para um
Nível inferior a sua posição inicial, sem possibilidade de correção em tempo hábil.
A sociedade brasileira de geriatria e gerontologia considera as quedas como primeira causa de acidentes em pessoas acima de 60 anos.
Com o objetivo de orientar sobre vários aspectos relacionados à prevenção de queda, ressaltamos alguns pontos importantes para você e sua família.

Causas mais comum de ocorrência de queda

Idade (inferior a 7 anos e superior a 65 anos);
História de queda anterior;
Alterações da visão ou audição;
Dificuldade de locomoção;
Comprometimento neurológico;
Anemia;
Arritmia cardíaca;
Osteoporose;
Fraqueza muscular;
Desnutrição;
Alterações do equilíbrio e vertigem;
Ingestão de bebida alcoólica;
Deformidades nos pés;
Sedentarismo;
Neuropatias periféricas (doenças que afetam a sensibilidade dos pés);
Gestação;
Uso de medicações que possam levar a diminuição dos reflexos e sonolência, assim como calmantes, sedativos, analgésicos e remédios para hipertensão, convulsão e depressão.

Formas de prevenir quedas

Não utilizar medicações sem orientação médica;
Iniciar atividades físicas somente após avaliação médica;
Não se exercitar em jejum;
Ingerir líquidos antes, durante e após a atividade física;
Evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
Evitar o excesso de peso corporal (obesidade);
Fazer uma alimentação saudável;
Procurar consumir alimentos ricos em cálcio e com pouca gordura, como leite desnatado, queijos brancos e iogurtes, pelo menos três vezes ao dia;
Ficar exposto ao sol antes das 10 horas ou após as 16 horas para auxiliar na absorção de cálcio no organismo;
Atravessar a rua na faixa de pedestres;
Usar calçado com solado de borracha ou antiderrapante;
Evitar roupas longas que facilitem tropeçar;
Evitar levantar-se rapidamente quando sentado ou deitado.

Prevenção de quedas durante o período de internação hospitalar

Manter a cama baixa, travada e com grades elevadas;
Manter a campainha ao alcance das mãos;
Não trancar portas;
Evitar apoiar-se na cama, móveis e parapeito das janelas;
Solicitar auxílio para locomoção se necessário;
Manter luz vigia acesa durante a noite;
Procurar permanecer sempre com acompanhante;
Evitar perambular pelo quarto ou corredor no momento da limpeza;
Chamar a equipe de enfermagem quando necessário;
Para sua maior segurança, quando houver necessidade de sair do apartamento, procure sempre estar acompanhado.

Estamos à sua disposição. Solicite auxílio da equipe de enfermagem sempre que necessário.

Como criar um ambiente seguro em casa

Não andar em pisos úmidos ou molhados;
Evitar trancar a porta do banheiro;
Colocar piso antiderrapante no box;
Utilizar suportes de apoio no boxe e vaso sanitário;
Ter utensílios em locais de fácil acesso;
Instalar corrimão e faixa antiderrapantes em escadas ou rampas;
Evitar uso de tapetes soltos pela casa;
Não subir em bancos e escadas;
Evitar transportar objetos pesados;
Manter iluminação adequada em escadas e corredores;
Manter lista de telefones e endereços úteis em local de fácil acesso;
Manter luz vigia acesa à noite;
Evitar deixar objetos pelo chão (brinquedos, jornais, fios elétricos e outros);
Manter acesso fácil para a comunicação, como: telefone móvel ou interfone;
Evitar animais soltos pela casa: existe a possibilidade de tropeçar e cair.

O que fazer em caso de queda

Quedas podem ocasionar fraturas não aparente e a movimentação inadequada pode levar a conseqüências irreversíveis;

A melhor opção é chamar ajuda especializada imediatamente.

Considerações finais

Vale a pena ressaltar que a queda pode ser evitada, desde que você e sua família estejam atentos aos fatores que a predispõe, para estabelecerem estratégias de prevenção.
Com isto, esperamos contribuir para seu bem-estar, independência e qualidade de vida.
Converse com a sua família e transmita estas informações.
Lembre-se: os esforços da equipe de saúde só serão efetivos se houver envolvimento de todos.

“você é extremamente importante. A qualquer necessidade conte conosco.”

Fonte: HAOC

Sites
Ces@haoc.com.br – centro de envelhecimento saudável