quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Café da manhã saudável

POR QUE CAFÉ DA MANHÃ?
Mães e pais ocupados, estudantes dedicados, gerente e empresários- o que todo mundo faz?
ESQUECE DE COMER! Sua preocupação está em outro lugar.
Um estilo de vida agitado necessita suprimento de energia de alta qualidade para manter a resistência. Refeições fora de hora e a má escolha de alimentos provocam cansaço, excesso de peso e prejudicam a saúde.
Os nutricionistas afirmam que o café da manhã saudável repõe os nutrientes gastos durante a noite, supre as necessidades nutricionais diárias e equilibra o suprimento diário de energia para começar bem o dia.
O café da manhã ideal tem tudo isso:
NUTRIENTES / QUANTIDADE POR POÇÃO /VD (VALOR DIÁRIO) / EQUIVALE A
VITAMINA A            318 mcg               40% DO VD        120G QUEIJO CHEDDAR
VITAMINA C            15 mcg                  25% doVD          100G DE REPOLHO
VITAMINA D             1 mcg                   20% doVD          50g ATUM EM CONSERVA
VITAMINA E              5mcg                  50% do VD           50g CASTANHA DE CAJU
VITAMINA B6          0,8mcg                 40% do VD           100g DE LENTILHA
VITAMINA B12        0,5mcg                 50% DO VD          2 OVOS
CÁLCIO                     398mcg               50% DO VD           80g de TOFU
FÓSFORO                    400mc               50% DO VD          150g BIFE GRELHADO
MAGNÉSIO            130mcg                  40% DO VD          248 g SUCO DE CENOURA
FERRO                        5,3mcg                38% DO VD         150g CARNE ASSADA
COBRE                     0,5mcg                 15% DO VD          1 ABACATE
FIBRA ALIMENTAR 3mcg                   10% DO VD        4 FATIAS DE PÃO INTEGRAL
Agora você sabe por que não pode ficar sem este café da manhã ideal!
       

Crianças que respiram pela boca

As crianças que ficam por um tempo prolongado com a boca aberta, apresentam uma facilidade maior para roncar, babam durante o sono e podem ter dificuldades na hora de se alimentar
O papel dos pais é fundamental para reconhecer os sintomas.
As causas desse problema podem ser orgânicas e/ou funcionais associados a quadros de rinite, sinusite, alergias respiratórias ou também por desvios de septo, adenóides hipertróficas, entre outros.
Qualquer quadro que possa atingir as vias aéreas superiores deve ser tratado por Otorrinolaringologista.
QUAL É O MELHOR TRATAMENTO? 
O acompanhamento de diversos profissionais da saúde. O pediatra, alergista, otorrinolaringologista, ortodontista e fonoaudiólogo que irão avaliar o caso e optar pelo melhor tratamento.
Pais observem:
Se seu filho consegue fazer as atividades do dia-a-dia com a boca fechada.
Note se durante o sono ele ronca muito alto ou se baba no travesseiro. Escute a sua respiração e verifique se é tranqüila e constante.
Caso você perceba que ele fica o tempo inteiro de boca aberta, se acumula saliva excessiva na boca ou se apresenta alterações da respiração durante o sono ou atividade de vida diária, procure ajuda de um profissional.
O tratamento mais adequado é realizado pelo atendimento multidisciplinar como o otorrinolaringologista, o fonoaudiólogo e o ortodontista.
Lembre-se o fato de respirar pela boca também afeta a musculatura e crescimento facial.
FONTE: REVISTA MATERLIFE NOVEMBRO DE 2012

Citações

“SOMENTE O BEM É REAL E VERDADEIRO. O MAL É APENAS A NOSSA INTERPRETAÇÃO DAQUILO QUE NÃO NOS CONVÉM NO MOMENTO.”
                                                                 Friedrich Nietzche (1844-1900), filósofo
                                                                                     Poeta e escritor alemão

“Remoendo constantemente pensamentos de medo, preocupação, raiva, ódio e fracasso, você se torna deprimido e infeliz. Lembre-se: sua vida é o que dela fazem seus pensamentos.
                    Joseph Murphy (1898-1981), religioso e  Escritor irlandês.
FONTE: CARAS ON LINE

‘EMAGRECIMENTO SEM EXERCÍCIO É INSUSTENTÁVEL’, DIZ O TREINADOR ATALLA

O treinador físico Márcio Atalla, que atualmente tenta converter o ex-jogador de futebol Ronaldo aos exercícios, foi enfático ao responder à questão “o que emagrece mais?”: “É óbvio que o maior problema da obesidade é o sedentarismo. A alimentação tornou-se importante porque hoje o gasto calórico médio da população é ridículo.”
Segundo ele, regimes sem atividade física são insustentáveis e, em longo prazo, acabam em efeito sanfona.
Fazendo só dieta a pessoa perde, além de gordura, massa magra (músculo), tecido que, em repouso, gasta mais energia do que a gordura.
Especialistas concordam no seguinte ponto: pessoas que emagrecem sem se exercitar perdem músculo. Esse seria um ‘contra’ de aderir apenas à dieta.
Para Atalla, os ganhos da atividade física para a saúde são mais certos e mais importantes do que a diminuição de um número no manequim.
“Não existe alimentação que faça você ter os ganhos de saúde cardiovascular que o exercício traz. É mais interessante um gordinho ativo do que um magro sedentário” compara.
FONTE DE PESQUISA: JORNAL EQUILÍBRIO

Integral só no nome

Teste mostra que marcas de pães especiais usam mais farinha de trigo tradicional do que não refinada; fabricantes dizem que seguem normas brasileiras
Como foi feita a pesquisa.
A Proteste comparou sete marcas encontradas em supermercados da cidade do Rio de Janeiro. A análise em laboratório determinou e quantidade de fibras de cada produto e a análise dos rótulos mostrou o peso da farinha branca na receita.
RESULTADOS
ANÁLISE DO RÓTULO: AS MARCAS WICKBOLD, BREAD LIFE, GRÃOLEV E MILANI APRESENTARAM MAIS FARINHA TRADICIONAL DO QUE FARINHA INTEGRAL NA COMPOSIÇÃO.
ANÁLISE EM LABORATÓRIO: TODAS AS MARCAS TINHAM MAIS FIBRAS DO QUE O INDICADO NO RÓTULO
COMO ESCOLHER PELA EMBALAGEM
Ingredientes
Observe a ordem em que os ingredientes aparecem no rótulo: se a farinha tradicional estiver em primeiro lugar, o pão tem mais trigo refinado. Prefira os produtos em que a farinha integral aparece primeiro.
Valor nutricional
Na tabela nutricional, compare a quantidade de fibras (quanto mais fibras, maior a chance de o produto ser integral), observando o tamanho das porções. Preste atenção também ao teor de sódio e de gordura saturada.
Selo
A organização internacional Whole Grains Council criou selos para identificar produtos que tem entre 51% e 100% de grãos integrais em sua composição.
Algumas marcas brasileiras têm o selo. Consulte a lista no site wholegrainscouncil.org
FONTE: FOLHA DE S.PAULO/EQUILÍBRIO



Ofícios e terceira idade

FUNÇÕES QUE NÃO EXIGEM FORÇA OU FORMAÇÃO ESPECÍFICA DEVERIAM SER EXERCIDAS POR IDOSOS SAUDÁVEIS
É longo o rol das atividades profissionais que o mundo nos oferece. Longa também, é a lista de aptidões – relacionadas a habilidades motoras ou mentais, sexo, idade, força física -  das quais dispomos para realizar essas atividades.
Olhando em torno com espírito crítico percebemos que em algumas posições sobra força e falta habilidade.
Cá entre nós: um jovem na flor da idade e do vigor passando o dia num guichê de protocolo, apenas carimbando? Que desperdício!
A sociedade contemporânea eletrônica e automatizada tem oportunidades para idosos e idosas que não usufruem de aposentadoria suficiente ou para aqueles que recebem a aposentadoria em numerário, mas gostariam de continuar em atividade.
É preciso um olhar de vôo de pássaro para encaixar cada homem na função própria para sua idade.
Fonte : jornal folha de São Paulo/Equilíbrio.

Orgânico a preço de banana

NOVO SUPERMERCADO PROMETE VENDER DE SABÃO A VINHO PRODUZIDOS DE FORMA ÉTICA SEM COBRAR OS OLHOS DA CARA
A proposta do supermercado Apanã, na zona oeste de São Paulo (Perdizes), é democratizar o consumo de produtos que ainda são rotulados como alternativos.
A estratégia do Apanã é oferecer tanto variedade quanto bons preços.
Além de hortifrutis, a loja reservou várias prateleiras para produtos de limpeza e para cosméticos naturais.
Há também uma boa oferta de grão, sementes e frutas secas a granel, e de congelados para a turma que não come carne.
O bufê de almoço tem opções de culinária viva, vegana e ovolactovegetariana.
FONTE: JORNAL FOLHA DE SÃO PAULO
               EQUILÍBRIO

Pensamento

O amor só vive pelo sofrimento e cessa com a felicidade, porque o amor feliz é a perfeição dos mais belos sonhos, e tudo que é perfeito ou aperfeiçoado toca o seu fim.
                Camilo castelo branco

Quando começa o envelhecimento?

Envelhecer é sofre as conseqüências da respiração celular, o processo que transfere para as células a energia trazida pelos alimentos. Essa definição, no entanto, soa bastante diferente da idéia mais tradicional que a gente faz do envelhecimento: aquele encarquilhar da pele, o embaçar dos olhos, o viço dos cabelos que se vai, a vontade cada vez menor.
Ou não; há quem envelhece bem, estendendo as características da juventude bem mais adiante.
Entender o envelhecimento do cérebro é uma das grandes preocupações da neurociência. Nossas respostas vão ficando mais lentas, a memória sofre, o raciocínio se arrasta um pouquinho: por quê? Morrem neurônios? Desaparecem sinapses? O metabolismo deixa de ser suficiente? O que causa o declínio funcional do cérebro com a idade, e quando ele começa?
Pesquisa feita em laboratório, que analisou o número de células no cérebro de ratos de diferentes idades, mostra que nos animais de dois anos de idade – bem velhinhos para ratos, encontramos cerca de 30% menos neurônios do que nos jovens adultos, de dois ou três meses de idade, numa perda generalizada por todo cérebro.
Ou seja: mal o bicho chega ao seu ápice, no final da adolescência, e já é ladeira abaixo – pelo menos em termos de números de neurônios.
Mas vamos às boas notícias. A primeira é que embora a perda média seja de 30% dos neurônios, a variação é grande entre indivíduos.
Ratos, portanto também nisso são como pessoas: alguns envelhecem bem, outros nem tanto. De onde vem essa diferença? Ainda não se sabe, mas alguns suspeitos são conhecidos. E aqui está a segunda boa notícia. Sabendo que o declínio neuronal começa assim que se atinge  a idade adulta podemos, desde cedo, investir em educação continuada, atividades físicas, exercícios mentais, bom sono, boa alimentação – e, assim fazer o possível para envelhecer bem.
FOLHA DE SÃO PAULO
EQUILÍBRIO

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

A DIABETE MATA MAIS QUE ACIDENTE DE TRÂNSITO NO BRASIL

Um levantamento do Ministério da saúde mostra que em 2010 54,8 mil pessoas morreram por conseqüência da diabetes no país.
A doença matou mais que acidente de trânsito que foi de 42 mil e a AIDS 12 mil.
A meta do governo é reduzir em 2% ao ano as mortes por doenças crônicas, incluindo diabetes, cardíacos e câncer.
Saiba mais: Acesse o site wwwautocuidado.saude.gov.br
                                                                                      
FONTE: FOLHA DE SÃO PAULO

Dia Azul

O DIABETES NÃO DESCRIMINA:
HOMENS /MULHERES
JOVENS/ADULTOS
POBRES/RICOS
DIA AZUL

Dez dicas para se proteger do CÂNCER

1-      Pare de fumar! Esta é a regra mais importante para prevenir o câncer.
2-      Uma alimentação saudável pode reduzir as chances de câncer em pelo menos 40% . Coma mais frutas, verduras e legumes. Dê preferência ás gorduras de origem vegetal como azeite extra virgem, óleo de soja e de girassol, entre outros, lembrando sempre que não devem ser expostas a altas temperaturas. Evite gorduras de origem animal ( leite e derivados, carne de porco, carne vermelha, pele de frango, etc) e algumas gorduras vegetais como margarinas e gordura vegetal hidrogenada.

3-      Evite ou limite a ingestão de bebidas alcoólicas. Além disso, pratique atividades físicas moderadamente e regularmente.

4-      É aconselhável que homens, entre 50 e 70 anos, na oportunidade de uma consulta médica, orientem-se sobre a necessidade de investigação do câncer da próstata.

5-      Os homens acima de 45 anos, sobretudo os que têm histórico familiar de pai ou irmão com câncer de próstata antes dos 60 anos, devem realizar consulta médica para investigação de câncer da próstata.

6-      As mulheres, com 40 anos ou mais, devem realizar o exame clínico das mamas anualmente. Além disto, toda mulher, entre 50 e 69 anos, deve fazer mamografia a cada dois anos. As mulheres com caso de câncer de mama na família ( mãe, irmã, filha, etc, diagnosticados antes dos 50 anos), ou aquelas que tiveram câncer de ovário ou câncer em uma das mamas, em qualquer idade, devem realizar o exame clínico e mamografia, a partir do 35 anos de idade, anualmente.

7-      As mulheres em atividades sexuais devem realizar exame preventivo anualmente.
            Para os exames alterados, deve-se seguir as orientações médicas. Nas mulheres                                   menopausadas além dos exames de prevenção, terão que fazer outros exames     correspondentes á sua idade.

8-      É recomendável que as mulheres e homens, com 50 anos ou mais, realizem exames de sangue oculto nas fezes, a cada ano (preferencialmente), ou a cada dois anos.

9-      No lazer evite exposição prolongada ao sol, entre 10h e 16 h, e use sempre proteção adequada como chapéu, barraca e protetor solar. Se você se expõe ao sol durante a jornada de trabalho, procure usar chapéu de aba larga, camisa de manga longa e calça comprida.

10-  Realize diariamente a higiene oral (escovação e consulte o dentista regularmente.


Adenocarcinoma do colo: um câncer diferente

O AC tem origem no epitélio glandular simples (uma camada de células) da mucosa endocervical, existindo apenas uma lesão precursora definida, o adenocarcinoma in situ (AIS). Isto implica risco de invasão maior, possibilitando que ela ocorra mais precocemente. A caracterização de lesões precursores antecedentes ao AIS ainda é motivo de controvérsia.
O diagnóstico do adenocarcinoma do colo do útero está ficando cada vez mais freqüente, mesmo nas mulheres que fazem prevenção periódica, enquanto se observa uma diminuição do carcinoma de células escamosas.
Devido à localização mais endocervical do adenocarcinoma do colo do útero, a sua detecção é mais difícil, sendo frequentemente realizada em estágios avançados.
Os HPVs oncogênicos 16,18 e 45 estão associados a mais de 90% dos adenocarcinomas do colo.
As mulheres com citologia AGC (atipias de células glandulares) necessitam ser encaminhadas para colposcopia e investigação complementar (biópsia de imagem ou amostra endocervical por escova ou curetagem).
Não existem imagens colposcópicas associadas claramente ao AIS(in situ). Assim, nos casos de citologia AGC, qualquer imagem deve ser valorizada e avaliada por biópsia, principalmente na mucosa endocervical.
É comum o diagnóstico final de lesão do epitélio escamoso com uma citologia prévia sugerindo lesão do epitélio glandular.
O contra-ataque ao aumento do adenocarcinoma do colo e da sua maior agressividade deve seguir pela indicação de tratamentos mais agressivos (associação de quimioterapia), pela melhoria nos métodos de detecção de lesões precursoras (testes de HPV) e pela prevenção primária com a vacinação.
POR DR. JÚLIO CESAR TEIXEIRA
CRM: SP-67.023
FOLDER GSK- GLAXO SMITH KLINE

ÁLCOOL ALÉM DA IDADE

Consumo de bebidas entre jovens começa cada vez mais cedo e em quantidades maiores.
A balada, a reunião na casa do amigo cujos pais viajaram, o “esquenta” antes de sair para a festa... Regadas a generosas doses de álcool, essas atividades têm levado um número crescente de adolescentes para o atendimento de emergência dos hospitais. Tipicamente, são consumidores eventuais que bebem muito num curto espaço de tempo. É o chamado padrão Bing drinking, que define a ingestão de mais de quatro doses de bebidas alcoólicas numa única ocasião.
Pesquisas realizadas com alunos de escolas públicas ou privadas mostram que o problema permeia todas as classes sociais. Elas revelam que tem diminuído o número de jovens que bebem. Mas aqueles que consomem álcool começam    cada vez mais cedo (média de 12 anos e meio) e ingerem quantidades cada vez maiores. Estudo do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp ) com mais de 5 mil estudantes de escolas particulares paulistas mostrou que 33% dos que cursavam o ensino médio haviam consumido álcool no padrão Bing no mês anterior a pesquisa.
O leque de riscos envolvidos é enorme. O jovem alcoolizado se expõe mais a situações como dirigir ou pegar carona com alguém embriagado, fazer sexo sem proteção e praticar atos violentos. A intoxicação alcoólica pode levar a quadros de hipoglicemia e depressão do sistema nervoso central, com risco de insuficiência respiratória, culminando em coma e morte. Isso sem falar nas quedas e acidentes que geram traumatismos graves.
Por razões diversas, o problema não costuma ter a atenção que merece. Além de o álcool ser uma droga lícita, tais episódios são geralmente considerados “normais”, típicos da adolescência. É bem verdade que não há solução mágica. Mas há sim, muito que fazer.
E isso requer o envolvimento da família, da escola e de outros setores da sociedade. Alguns hospitais têm procurado contribuir, fazendo mais do que simplesmente tratar clinicamente o paciente que chega com intoxicação alcoólica. Essas instituições têm proposto protocolos específicos para atendimento desses casos, que podem incluir, além da avaliação  feita pelo pediatra, orientações a pais e pacientes e mesmo a sugestão de tratamento com psicólogos e psiquiatras especialistas.
Alcoolismo é um problema de saúde pública. Reduzir o consumo Bing drinking entre os adolescentes é prevenir os riscos de hoje e situações futuras ainda mais graves de tratar, com a dependência de álcool.

Estudo mostra queda de leitos públicos no País.

Levantamento realizado pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) mostra que houve uma queda significativa no número de leitos públicos no país em várias especialidades.
Segundo dados do Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), do ministério da Saúde, quase 42mil leitos foram desativados na rede pública. Dentre as especialidades mais atingidas com o corte estão psiquiatria (-9.297 leitos), pediatria (-8.979), obstetrícia (-5033) e clinica geral (-4.912).
Para o presidente do CFM, Roberto Luiz D’àvila, a maioria dos problemas do Sistema Único de Saúde (SUS) passa pelo subfinanciamento e pela falta de uma política eficaz de presença do Estado. Segundo ele, em entrevista ao boletim P & P (Política & Política) , a complexidade da assistência foi simplificada pelos gestores pela  idéia de que faltam médicos no país, no entanto, aspectos como a falta de infraestrutura física, de políticas de trabalho eficientes para profissionais da saúde, e, principalmente, de um financiamento comprometido com o futuro do SUS, acabam não sendo levados em consideração.
O Brasil é o quinto país do mundo em número de médicos, com mais de 371 mil profissionais registrados (1,95 médicos por habitantes), o que, para o Conselho, é um número considerado suficiente  para atender a população do país. O que faltam,  no entanto, são políticas públicas que valorizam esses profissionais e que os estimulem a se fixarem em regiões desassistidas. Outra pesquisa recente do CFM apontou que 72% dos médicos brasileiros estão concentrados na região sul e sudeste. Para garantir a fixação do médico em regiões mais distantes, a entidade defende a criação de uma carreira de Estado aos moldes da magistratura. Além disso, a distribuição igualitária de profissionais em todo o território brasileiro depende de fatores como boas condições para oferecer assistência médica de qualidade (materiais, equipamentos e leitos suficientes, por exemplo), plano de cargo e salários e vínculo empregatício.

Isoflavona de soja

A ALTERNTIVA NATURAL AOS PROBLEMAS RELACIONADOS COM A MENOPAUSA
SOJA NA MESA:
CURA E PREVENÇÃO DE DOENÇAS.
A soja, leguminosa cultivada há séculos por povos asiáticos, no último século se tornou alvo de vários estudos, os quais demonstraram que ela não se trata apenas de uma fonte de proteínas e que os seus benefícios são muito maiores.
Hoje podemos afirmar que é um alimento funcional com substâncias capazes de prevenir e curar algumas doenças. Nos EUA, esses benefícios são reconhecidos pelo “Food and Drug Administration” (FDA), responsável pro controlar alimentos e remédios.
Entre as substâncias encontradas na soja as principais são:
ISOFLAVONA: grupo dos fitoquímicos que possui compostos classificados como fitoestrógenos, no qual encontramos as famosas isoflavonas. Atua na prevenção no câncer de mama e próstata. Após a menopausa, auxilia na redução das ondas de calor. Tem efeito contra a osteoporose e protege o coração.
FIBRAS: Como característica de todas as fibras, auxilia na diminuição do colesterol.
ÁCIDO FÍTICO: melhora o aproveitamento do ferro, cálcio, zinco e magnésio no organismo.
SAPONINAS: auxiliam na absorção do cálcio.
A introdução da soja na alimentação dos brasileiros não foi muito adequada, criando uma certa resistência a seu consumo. O leite de soja criado antigamente era muito ruim, acabando com qualquer chance de gostarmos do produto.
Devido a essa rejeição grande parte de nossa produção é destinada até hoje para ração de animais e como ingredientes na industrialização de alguns produtos como salsicha e hambúrguer.
Para melhorar o sabor da soja, a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) aperfeiçoou técnicas de preparo que inativa a enzima lipoxigenase, responsável pelo sabor não muito agradável.
A enzima lipoxigenase é inativada pelo calor. Uma super dica é colocar os grãos em uma panela com água fervente, deixar por cinco minutos e contar da fervura, desprezar a água e lavar os grãos em água fria, após esse processo, seguir a receita escolhida.
A quantidade diária indicada para consumo é de 60 gramas de grãos por dia. Você pode consumir soja em grão, tofu, soja texturizada, missô, farinha de soja, coalhada de soja.
Já o óleo de soja e o molho de soja (shoyo) não apresentam benefícios. O leite de soja (sem colesterol, sem lactose) com diversos sabores podem ser encontrados nos supermercados, serve para pacientes alérgicos ao leite de vaca e é indicado para pacientes com altíssimo valor de colesterol.
A Isoflavona de Soja é assimilada pelo organismo da mesma forma que o estrógeno natural, não tendo, entretanto, possíveis efeitos colaterais.
·         Diminui “as ondas de calor” na menopausa.
·         Ajuda a reduzir os níveis de colesterol.
·         Rica em genistina e daidzina.
·         Ajuda a manter a densidade óssea.
·         Tem ação anti-oxidante.
·         Pode prevenir o aparecimento de câncer.
Os benefícios para a saúde provenientes do consumo de soja têm sido alvo de diversos estudos e pesquisas no mundo inteiro. Já se demonstrou que o consumo regular de derivados de soja confere um suporte nutricional ao organismo durante e após a menopausa, além dos efeitos benéficos sobre o sistema ósseo e cardiovascular.
Agora a grande tarefa e incorporar esse belo alimento em nosso hábito alimentar.
FONTE: FOLDER PREVENIR – AVALORIZAÇÃO DA VIDA/ NUTRICIONISTA ANDRÉA GALANTE